Skip to main content
#
Brazilian Church AG
Biblia 

Por que ler a Bíblia, um livro do período Jurássico

Por que ler a Bíblia, um livro do período Jurássico?  É verdade, a Bíblia, o Antigo Testamento mais o Novo Testamento foram escritos cerca de três a quatro mil anos segundo pesquisadores; mas a Bíblia não é o único livro antigo, existem outros que você mesmo poderá pesquisar. Entretanto a Bíblia é o Livro dos livros ela é a Palavra de Deus. Apesar de sua idade ela fala de assuntos atuais como o melhor jornal que você acabou de ler hoje, por exemplo:
Twitter
Facebook
LinkedIn
StumbleUpon
Add to favorites
Reddit
MySpace
O Amor de Deus, o Amor Humano e uma vida de Amor. 
O Amor de Deus, o Amor Humano e uma vida de Amor.
 
Vivendo num mundo cuja a caracterísctica principal é o EGOÍSMO, onde a maioria das pessoas são "amantes de sí mesmas" como revela o texto bíblico, falar de amor parece coisa de novela. Porém, não podemos negar a existência de tal fato. O amor existe e por mais que a lingua portuguesa ensina que ele esta classificado como um substantivo abstrato, nós podemos vê-lo,pois ele esta presente no nosso dia a dia, como por exemplo num gesto, numa palavra, num trabalho, na natureza etc. Mas quando falamos do amor de Deus, este é um tipo de amor singular, que nós humanos tentamos desenvolve-lo, mas por mais que nos esforcemos, ainda deixamos muito a desejar. A palavra amor ocorre em vários textos das escrituras e em cada um tem um significado diferente como por exemplo em Gn.24.67 E Isaac trouxe-a para a tenda da sua mãe Sara, e tomou a Rebeca, e foi-lhe por mulher, e amou-a. Assim Isaac foi consolado depois da morte da sua mãe. Neste texto esta se referindo ao amor "erótico" é o desejo entre um homem e uma mulher.Outro exemplo deste tipo de amor é encontrado em 1Rs.11.1 onde diz que Salomão amou muitas "mulheres estranhas"além da filha de Faraó. A palavra amor também pode se referir ao amor entre pais e filhos como por exemplo o amor de Abraão por seu filho Isaque. Gn.22.2 E disse: Toma, agora, o teu filho, o teu único filho, Isaac, a quem amas, e vai-te à terra de Moriá, e oferece-o ali em holocausto, sobre uma das montanhas, que eu te direi.As vezes se refere a um forte afeto por uma pessoa como a de um escravo pelo seu senhor que deseja permanecer sob seu domínio Êxodo 21.5 Mas se aquele servo expressamente disser: Eu amo a meu senhor, e a minha mulher, e a meus filhos; não quero sair forro". Um afeto especialmente íntimo entre amigos também é o que significa a palavra amor em 1Samuel 18.1 "E SUCEDEU que, acabando ele de falar com Saul, a alma de Jónatas se ligou com a alma de David: e Jónatas o amou, como à sua própria alma.E SUCEDEU que, acabando ele de falar com Saul, a alma de Jónatas se ligou com a alma de David: e Jónatas o amou, como à sua própria alma". Este é o amor fraterno que comulmente é visto entre cristãos. Foi a palavra usada por Pedro quando Jesus ressucitou e lhe perguntou se este o amava. Jo. 21.15-17 "E, depois de terem jantado, disse Jesus a Simão Pedro: Simão, filho de Jonas, amas-me mais do que estes? E ele respondeu: Sim, Senhor; tu sabes que te amo. Disse-lhe: Apascenta os meus cordeiros.Tornou a dizer-lhe segunda vez: Simão, filho de Jonas, amas-me? Disse-lhe: Sim, Senhor; tu sabes que te amo. Disse-lhe: Apascenta as minhas ovelhas.Disse-lhe terceira vez: Simão, filho de Jonas, amas-me? Simão entristeceu-se, por lhe ter dito terceira vez: Amas-me? E disse-lhe: Senhor, tu sabes tudo; tu sabes que eu te amo. Jesus disse-lhe: Apascenta as minhas ovelhas". De todos estes amores o amor de Deus esta acima, na Bíblia quando ela se refere ao amor de Deus, significa o amor AGAPE, o amor sofredor, o amor que não trata com leviandade; que não se ensoberbece;
Não se porta com indecência; que não busca os seus interesses, não se irrita, não suspeita mal;Não folga com a injustiça, mas folga com a verdade;Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta. No livro do profeta Oséias vemos claramente a manifestação desse amor. A infidelidade de Israel não exercia qualquer influência sobre o amor de Deus por eles. Os.11.1-4;7-9 "QUANDO Israel era menino, eu o amei; e do Egipto chamei a meu filho. Mas, como os chamavam, assim se iam da sua face: sacrificavam a baalins, e queimavam incenso às imagens de escultura.Todavia, eu ensinei a andar a Efraim; tomei-os pelos seus braços, mas não conheceram que eu os curava. Atraí-os com cordas humanas, com cordas de amor; e fui para eles como os que tiram o jugo de sobre as suas queixadas; e lhes dei mantimento. Porque o meu povo é inclinado a desviar-se de mim; bem que clamam ao Altíssimo, nenhum deles o exalta.
Como te deixaria, ó Efraim? como te entregaria, ó Israel? como te faria como Adama? te poria como Zeboim? Está mudado em mim o meu coração, todos os meus pesares juntamente estão acendidos.
Não executarei o furor da minha ira: não voltarei para destruir a Efraim, porque eu sou Deus e não homem, o Santo no meio de ti; eu não entrarei na cidade. A mior representação desse amor foi demonstrada no Gólgota, na Cruz. Quando olhamos para a Cruz não vemos somente Jesus cruscificado, mas vemos também o infinito amor de Deus pela humanidade, que teve início não quando nos convertemos, mas quando ainda eramos "pecadores": Mas, Deus prova o seu amor para connosco, em que Cristo morreu por nós, sendo nós ainda pecadores Rm.5:8. Diante de tudo o que foi esposto, eu convido você a participar deste amor.
 
O Amor Humano.
 É muito comum as pessoas dizerem que amam seu cãozinho, seu gatinho, seu carro, seu emprego, sua casa e tudo mais. Entretanto, isto não é verdade, pois só existe amor quando á reciprocidade e minha casa não pode me amar, assim como meu cãozinho ou outra coisa qualquer que não correponda ao meu amor.Talvez as pessoas dizem isto devido a crise de valores que a nossa sociedade esta vivendo. Se o amor humano não estiver pautado no texto que lemos acima em 1Co.13.4-7, podemos dizer que não existe amor, mas uma mera atração, desejo, que com o tempo desaparecerá como fumaça.
 
Uma Vida de Amor.
Geralmente numa celebração de casamento é muuito comum na hora das "promessas"as pessoas prometerem viver uma vida de amor "até que a morte os separe". Mas todos nós sabemos que isto não é verdade, pela seguinte razão de não temos controle do futuro,não sabemos o que vai suceder nos próximos trinta segundos, como fazer um juramento de estar ao lado de alguém que passaremos a conhecer a partir do casamento? Aí é que Deus entra no casamento e quando Ele esta presente na vida do casal, ou da família as probabilidades do cumprimento da "promessa"torna-se mais possível de acontecer. Por que podemos afirmar isto, se existe uma grande quantidade de pessoas cristãs que possuem a mesma fé, creem no mesmo Deus, pretendem morar no mesmo céu, mas também terminaram seu relacionamento em divórcio? Como explicar?
É bem simples, como é simples os ensinos do Senhor Jesus; o fato de alguém professar uma fé, não significa que ele realmente é praticante daquela fé, Jesus disse: " Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus. Mateus 7:21. E a vontade de Deus ( o Pai que esta nos Céus) é :Malaquias 2.15,17 "E não fez ele somente um, ainda que lhe sobejava espírito? E por que somente um? Não é que buscava descendência piedosa? Portanto guardai-vos em vosso espírito, e que ninguém seja infiel para com a mulher da sua mocidade.
Pois eu detesto o divórcio, diz o Senhor Deus de Israel, e aquele que cobre de violência o seu vestido; portanto cuidai de vós mesmos, diz o Senhor dos exércitos; e não sejais infiéis.
Assim, para vivermos uma vida de amor para com nosso conjuge, nossos filhos, amigos, o próximo precisamos aceitar o convite de Jesus de "tomar sobre nós o jugo dele"(Mt.11.28) que significa que Ele, o Senhor Jesus vai estar ao seu lado, ao meu lado, ajudando a carregar todos os problemas que enfrentamos neste mundo. Você já fez isto? Se ainda não fêz, experimente e você verá.
 
Por Pastor Valdison B. Neves